Você conhece o que são as doenças inflamatórias intestinais? Saiba tudo sobre tipos, sintomas e principais recomendações


Estamos em Maio Roxo e neste mês temos uma importante missão de falarmos sobre a conscientização das Doenças Inflamatórias Intestinais (DII). Ao redor do mundo, mais de 5 milhões de pessoas são acometidas por uma dessas doenças crônicas intestinais que podem acontecer em qualquer fase da vida, embora seja mais comum em adolescentes e jovens adultos. 

Muitas vezes, pela falta de informação ou pelo conjunto de sintomas serem um pouco genéricos, o diagnóstico acaba sendo tardio, o que prejudica os resultados do tratamento. Neste artigo, queremos te contar os principais tipos de doenças inflamatórias intestinais e alguns sintomas de cada uma delas para você se manter atento, tá bem?

Quais são os tipos de doenças inflamatórias intestinais?

As principais patologias que aparecem no consultório de gastroenterologia e que afetam o intestino (tanto delgado quanto grosso), são:

Doença de Crohn

É uma doença crônica que pode se manifestar em diversas partes do trato gastrointestinal, sendo mais comumente encontrada no intestino delgado e intestino grosso. 

Retocolite Ulcerativa

Trata-se de uma doença inflamatória intestinal que ocorre no cólon e reto causando dores abdominais. Ela geralmente se restringe à camada superficial da mucosa, enquanto a doença de Crohn pode evoluir para camadas mais profundas da parede intestinal. 

Quais são os sintomas de cada doença inflamatória intestinal (DII)?

Geralmente os principais sintomas relacionados às doenças no intestino são cólicas, distensão, obstrução, dificuldade de evacuar e diarreia. Mas, saber diagnosticá-las e tratar de acordo com as recomendações e últimos estudos é responsabilidade do seu médico, combinado?

Para você entender um pouco mais sobre cada um dos casos e os possíveis sintomas, separamos essa lista: 

Doença de Crohn

  • Estomatite (inchaço doloroso e feridas no interior da boca); 
  • Diarreia frequente;
  • Emagrecimento;
  • Febre. 

Retocolite Ulcerativa

  • Xeroftalmia ou olho seco;
  • Dor nas articulações;
  • Anemia;
  • Doenças reumatológicas (espondilite anquilosante);
  • Vermelhidão na pele;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia (com muco e sangue).

Tem alguma recomendação que posso seguir?

Por serem crônicas, as Doenças Inflamatórias Intestinais não possuem cura, mas existem formas de aliviar os sintomas e ter uma melhor qualidade de vida. Claro que, a principal destas orientações é fazer um acompanhamento com um médico gastroenterologista. Como cada caso é um caso, é ele quem irá avaliar e auxiliar você com o tratamento e recomendações mais adequadas para você. 

Em termos mais gerais, para quem é fumante, uma das primeiras boas práticas é abandonar o cigarro. Outra recomendação é evitar o estresse, então a ida ao psicólogo e a terapia são muito encorajados. Inclusive práticas como meditação e ioga podem ajudar a tirar a sua mente da ansiedade do dia a dia. 

É claro que não podemos esquecer da alimentação que deve ter um acompanhamento especial de um nutricionista para ajudar a restabelecer a flora bacteriana. E, para uma vida realmente equilibrada, atividades físicas regulares fazem bem sempre, viu?

Gostou deste artigo? Experimente ler também: Estresse. Guia completo dos tipos, tratamentos e sintomas e Dieta anti-inflamatória: entenda o que é e qual o cardápio.

Este artigo foi útil?

Por: Cia da Consulta

Por: Cia da Consulta

Somos uma rede de clínicas que compreende a medicina e repensa a saúde para que a experiência de cuidar-se seja singular, segura e impecável.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende já sua consulta

Visite nosso site, conheça as especialidades e os profissionais e agende no melhor horário para você!

Agendar consulta